ExAblate

O ExAblate é um tratamento não invasivo que consiste na ablação dos miomas por ultrassom focalizado guiado por ressonância magnética.
O ExAblate é realizado em uma máquina de ressonância magnética, dotada de um sistema especial que acopla um transdutor de ultrassom de altíssima frequência a maca na qual a paciente fica acomodada durante o procedimento. Nesta maca a paciente é posicionada deitada de barriga para baixo e permanece consciente e sob leve sedação durante o tratamento. Após o posicionamento da paciente são realizadas imagens de ressonância magnética da pelve, incluindo pele, parede abdominal e todos os órgãos internos em três planos (sagital, axial e coronal), definindo-se o alvo (mioma) a ser tratado. Então, realiza-se o planejamento terapêutico com o estudo da localização e o volume do alvo (mioma) a ser atingido pelo ultrassom focalizado. Assim, a passagem de cada feixe de ultrassom é minuciosamente planejada e calculada tridimensionalmente, garantindo a eficácia e a segurança do tratamento.

Após a etapa de planejamento, dá-se início ao tratamento propriamente dito, com a emissão de múltiplas insonações. A cada insonação sobre o mioma provoca um aumento focalizado e pontual da temperatura, em torno de 70ºC a 80ºC, causando a morte tecidual do mioma. Enquanto estas insonações ocorrem, imagens em tempo real de ressonância magnética mostram o aquecimento exclusivo do mioma, preservando todo o tecido vizinho ao alvo, garantindo, assim, a segurança do ExAblate. Imediatamente após o término das insonações planejadas, novas imagens de ressonância magnética são realizadas com a utilização de contraste venoso (gadolínio). Estas imagens vão evidenciar todo o tecido do mioma que não recebe contraste, que é equivalente à área tratada pelo ExAblate.
Após o tratamento do mioma através do ExAblate, há uma redução em torno de 50% do volume do mioma num período de até um ano. Esta redução é acompanhada pela melhora dos sintomas causados pelos miomas tratados. Durante este período, aconselha-se um acompanhamento ginecológico especializado rigoroso, com o intuito de identificar quaisquer contratempos na evolução do tratamento que possam prejudicar o resultado final.

Por ser um tratamento não invasivo, no ExAblate não há cortes nem cicatrizes. O procedimento é realizado em regime ambulatorial, não havendo hospitalização. Não há utilização de radiação ionizante (raios-X), não conferindo riscos ao funcionamento dos ovários. A dor durante o procedimento é rara, não sendo necessária anestesia. É realizada apenas uma sedação venosa leve, que é devidamente acompanhada por um anestesista durante todo o procedimento. Outros efeitos adversos também são raros, como náuseas, vômitos e mal estar. Por ser um procedimento sem cortes, há menor risco de infecção e não há risco de hemorragias que possam acarretar na retirada do útero. O procedimento tem duração média de 3 a 4 horas. Na maioria dos casos o tratamento é realizado em apenas uma sessão. No mesmo dia, a paciente retorna para casa e em até 2 dias já está de volta as atividades cotidianas.

Para maiores informações e outras dúvidas entre em contato

Clique aqui e fale conosco por Whatsapp